Gabriela Leão // OFICIAL: Dicas masculina para entender as mulheres

18 de out de 2010

Dicas masculina para entender as mulheres

snsd | Tumblr

Desde que o mundo é mundo, sempre os homens tentam entender as mulheres.

Gente, eu estava procurando uma ponião masculina, e consegui achar, é do Blog do Déêh . Msn: deehziin@hotmail.com Celular : 011 6706-9107 .


É um tanto quanto complicado, pois elas sabem muito bem envolver-se em um véu de mistério, sempre conseguindo dificultar esse entendimento.Claro, pois com as tentativas de tentar entendê-las, sempre procuramos agradá-las, buscando assim facilitar essa compreensão, mas a tarefa é sempre difícil, pois nada nos é facilitado. E a cada vez mais as amamos, pois essa tentativa sempre nos inspira e excita. Além de ser altamente estimulante, por despertar nossa veia romântica e, digamos, “explorativa”, nos possibilita ir estreitando o conhecimento de suas belezas interiores e exteriores.
Claro que não são todos os homens que pensam assim. Ainda existem aqueles que acham que as mulheres apenas existem para servi-los. Bem, deixemos que pensem assim, pois é uma espécie que começa a entrar em extinção, já que as mulheres cada vez menos aceitam tal situação, e já querem ocupar o seu devido espaço, querendo sempre cada vez mais compreensão, respeito, carinho e dedicação. Sempre sabendo retribuir à altura quando são atendidas.
Vamos analisar um pensamento de um cara chamado Oscar Wilde (conhecem ?), um bom menino, que tomou algumas aulas comigo e aprendeu alguma coisa. Ei-la:


"As mulheres são feitas para serem amadas, não para serem compreendidas..."
Realmente, estou de pleno acordo. Se as mulheres são esses seres maravilhosos, que receberam a divina incumbência de serem as responsáveis pela continuação da espécie, para que perder tempo procurando compreendê-las ? Amemo-las, pura e simplesmente.

E procuremos deixa-las felizes, pois os principais beneficiados seremos nós mesmos.


Alguns poderão argumentar que "elas se fazem de difíceis". Não se trata disso, é pura e simplesmente a defesa natural contra todo o preconceito com que sempre foram tratadas.
As mulheres tiveram que lutar muito para chegar ao ponto atual (e ainda falta muita coisa). Os homens sempre aceitaram a pretensa superioridade que lhes era atribuída, como uma coisa natural. Portanto, para vencer todas as barreiras que lhes foram impostas, elas tiveram que lutar muito e muito. Não preciso me alongar muito sobre esse assunto, pois é de conhecimento geral. Se alguém tiver dúvidas sobre esse assunto, pergunte, que eu esclareço. Aliás, existem 8923 publicações abordando esse tema, ou seja, a eterna luta das mulheres contra os preconceitos masculinos. Quem não souber, está muito mal informado...
Agora, repito, para que compreende-las ? Elas só exigem amor, carinho, compreensão (sem que as compreendamos), flores (qual mulher não gosta de receber flores). E principalmente respeito e alguma dedicação.
Alguns poderão dizer que "elas querem é uma bela conta bancária". E quem não quer ? Agora a situação já está se invertendo. Na distribuição de rendas e obrigações, a mulher exerce cada vez mais um papel influente. E se existem as interesseiras, também existem os interesseiros.

Não se esqueçam de que a cada dia que se passa, mais vemos mulheres ocupando altos cargos, seja na indústria, seja no comércio, e até mesmo na política. Só falta termos uma na Presidência da República. Estivemos perto, mas outra vez houve uma escolha errada...


Mas isso não vem ao caso agora.
Minhas saudações também, aos homens que sabem entender que, sem elas, a vida não seria tão boa.

Para aqueles que ainda não descobriram essa verdade iniludível... espero que ainda o façam, pois sempre é tempo para modificar essa maneira machista de ser. Não custa nada sermos românticos, e sempre dá bons resultados.


  1. Toda mulher é insegura, fato! E não adianta ela tentar provar que não é, toda mulher, no fundo no fundo É e sempre será insegura. Se ela nunca ficou com o coração apertado achando que vai perder o homem, ela ainda vai ficar assim, é de praxe passar pelo menos um assim pelas nossas vidas.
    Como resolver: Não custa nada passar um mínimo de segurança pra gatinha. Essa história de cozinhar em banho maria não ta com nada, e se nem você gosta, imagina ela. E nada de vingancinha porque a vagabunda da sua ex-namorada fez isso com você, desse jeito não acaba nunca essa graça de fazer charminho. Se ela fizer um bico quando se encontrarem é porque ela achou alguma coisa suspeita no seu orkut. Faça como quiser, mas não dê motivo.
  2. Ai disso a gente chega na parte “mas eu me mordo de ciúmes”. Toda mulher é ciumenta por mais que fale que não é! As levemente ciumentas pioram sabe como? Com esse item de cima. Se você der uma chance dela duvidar que está com você, ela VAI tentar te matar, ela VAI fazer e ela VAI, um dia, fazer barraco.
    Como resolver: Se ela já for ciumenta, meu amigo, fudeu! Dá pra amenizar com muito amor, carinho e uma boa conversa. Nada de briga, é conversa amigável. Com jeitinho tudo se resolve. Se ela ainda não é louca, então foge de problema pra evitar confusão, porque as amigas delas vão encher a cabeça da coitada até ela arrancar seu amiguinho com a boca.
  3. Hoje as mulheres são independentes, tomam suas próprias decisões, pagam suas contas, mas isso não impede nada do mocinho aí mostrar que é cavalheiro e pagar o jantar. Ela pode querer cantar de galo, mas no fundo adora esse tipo de “agrado”. Não é pelo dinheiro, mas pela preocupação do rapaz. Mamãe ensinou isso, então pode seguir.

    To sem dinheiro.
    Como resolver: Final de mês e você ta zerado. Ela convidou ou sugeriu um jantar/cinema. Pergunte. Você não vai perder um braço falando que “amor, to meio sem grana, quer mesmo ir?”, ela vai falar se paga metade ou não, ou se a conta toda é dela. Mas isso ela fala. Mulheres independentes são boas por isso, elas falam. E se ela não gostar ela também vai falar, mas aí vai depender se você chega coçando o saco e falando “aeh mina, to duro, paga a conta lá” (dentro do restaurante) ou se você fala com carinho antes de saírem (e antes dela se arrumar).
  4. Mulheres nasceram, cresceram e vão morrer carentes. TODAS, de qualquer cor, credo, idade. Não importa. Nós amamos um chamego, um carinho, um abraço. Mas não é pra colar, meu filho. Não gruda que nem chiclete porque enjoa. Sabe aquela história da insegurança lá em cima. Se você gruda, ela fica segura demais ou desconfiada demais. Das duas uma, ou você tá muito na dela, ou você tá traindo ela enlouquecidamente e que compensar. Para as duas o resultado é o mesmo – um belo pé na bunda.
  5. Como resolver: Conhece “meio-termo”? Não precisa deixar a guria sem respirar, mas não precisa sumir. Mande uma sms de em quando, deixe um scrap de surpresa, abrace ela como quem não quer nada quando estiverem juntos, e depois deixe ela correr sozinha. Vocês não precisam sair e você ficar alisando o braço dela o tempo todo. Faça um carinho e sossegue essa mãozinha.
  6. Safadeza e mulheres combinam perfeitamente, mas não precisa deixar isso claro. Sabe a história de “dama na mesa e puta na cama”, é bem isso. Se sua mulher não aprendeu isso em casa, ensine. Não tem coisa melhor do que só você saber o quão safada ela é. Quer aparecer para os seus amigos? Então esqueça tudo isso que eu falei em cima e pegue uma vadia. Quer ter uma namorada, uma esposa, um caso legal etc, então cuide dela. Se você começar a fazer propaganda a mulher que está contigo é boa de cama, meu bem, você vai correr o risco de perder ela pro melhor amigo. Não é pra ela ser uma santa na rua, mas ela não precisa se esfregar em você. E sabe onde o fogo contido vai parar? É, fofo, aproveite.
    Ela não sossega/ela é santa demais.
    Como resolver: Você não precisa dar uns berros e nem estuprar a guria. Conversar é sempre a melhor solução, mas com jeitinho, com carinho.FATO: mulheres adoram falar e você sabe disso. Mas mulheres adoram ouvir também. Elas gostam de falar por uma única razão. Elas esperam que alguém as escute, dê conselhos, chegue a um consenso para um relacionamento legal.
    Minha opinião:
    Não por ser mulher, mas eu não sinto que somos TÃO complicadas assim. Acho que é mais falta de paciência de conversar com a gente do que complicação nossa. Ás vezes está escrito na cara o que estamos dizendo, mas os homens sempre estão boiando, pois é. E depois a culpa é nossa de termos o cérebro mais desenvolvido . Hm*

2 comentários:

  1. Concordo com você, também não acho que exista essa complicação toda... As dicas estavam muito boas, os garotos que seguirem evitarão muitos probleminhas e briguinhas bobas.

    Ah, votei em você lá no concurso... Boa-sorte!
    Estou seguindo já!

    http://promocoesnaprateleira.blogspot.com/

    Te add no msn, quando der a gente se fala por lá...
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own flor, pois é!

      Obrigadíssima!!

      Ok então vou adorar entrar em contato contigo!

      Beijos

      Excluir